Crianças de 1 a 2 anos

Caraterização geral das crianças de 1 ano

Caraterização geral das crianças de 1 ano

Estes primeiros anos da vida de uma criança são de extrema importância porque é entre os vinte e quatro e os trinta e seis meses que a criança se vai deparar com tarefas como continuar a crescer, adquirir novas habilidades psicomotoras que lhe ajudarão a ganhar a sua autonomia e estimular as relações com os outros, tornando o adulto que rodeia a criança num modelo para o seu crescimento e amadurecimento.

Com 1 ano, a criança encontra-se, segundo Piaget, no período sensório-motor, conquista o mundo que a rodeia através da própria ação. Atua sem refletir, procura a satisfação imediata.
Existe intencionalidade nos seus atos (puxa a toalha para conseguir o objeto que está em cima).

A criança nesta idade possui, para além da noção de objeto, os conceitos de espaço, tempo e causalidade e a partir daqui pode agir de forma inteligente.

Começam as primeiras competências sociais: gosta de mostrar as suas graças, de cumprir algumas ordens, de brincar e sair a passear com o adulto. Adota um comportamento sociável. É capaz de ter medo, afeto e simpatia.

Inicia-se na autonomia, come sozinha. O controlo dos esfíncteres é irregular e colabora no vestir.
É notável o aumento de vocabulário, escuta as palavras com muita atenção e repete-as. Utiliza duas ou três palavras em estilo telegráfico. Manifesta interesse pelas histórias e contos tradicionais.